If you were here today….

O Mistérios de Liverpool de hoje é inspirado em algo que aconteceu comigo por acaso. Passei na frente de uma livraria aqui em Botafogo, no Rio de Janeiro, que é onde moro. Fim de mês, sem dinheiro, mesmo assim decidi entrar e comprar algo no saldão. Se encontrasse algo sobre os Beatles, RÁ, melhor ainda. E não é que, em meio a um livro de auto-ajuda e outro preparatório para concursos, achei?

O livro chamava-se Plastic Jesus, de Pobby Z. Brite. Olhei pro preço, li só a contra-capa e comprei. Estava escrito:

Poppy Z. Brite brinca com a história dos Beatles: o resultado é Plastic Jesus, uma mistura de dinamite e rock. Uma história fantástica, dramática e tocante. Chocante para os puristas, ela alimenta a imaginação dos demais. E se…”

Qual não foi minha surpresa ao chegar em casa e enfim abrir o livro. O texto da contra-capa continuava na parte interna assim:

E se John e Paul tivessem sido amantes? Isso leva a novas possibilidades em todas as questões: no sucesso, no rompimento, nos desregramentos, na glória perfeita.” E assim vai….

Fiquei boquiaberto que alguém pudesse delirar tanto em uma história. Claro que o livro é uma ficção, mas o que me indagava era a motivação da autora para escrever o enredo.  Bem, o empresário dos Beatles, Brian Epstein, era gay e isso não é um segredo para ninguém. Há diversas especulações sobre o fim de semana que John Lennon passou sozinho com ele na Espanha (mas esse é assunto para outro Mistério de Liverpool). O Mistério de hoje é: porque tantas pessoas insistem em acreditar numa possível história de amor entre os dois Beatles?

Fui descobrir se mais gente se motivava por esse tema. Pra que, né?

http://community.livejournal.com/johnheartpaul/

Este site (em inglês) inteiro é dedicado ao assunto. Na verdade, os internautas participam, sugerindo histórias (fanfictions), discutindo . É quase uma comunidade. Opa! Comunidade? Será que algo sobre isso no Orkut?

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=59946926

O moderador da comunidade, que é o maior motivador do assunto ali, traz diversos indícios para reforçar sua tese. Se alguém quiser entrar e conferir, é bem curioso. Só peço que, algum fã mais exaltado que leia essa matéria, respeite o direito desta comunidade, que acredita num tema e debate sobre ele pacificamente.E é inegável que, pelo que li nos tópicos, o moderador entende bastante da história dos Beatles, o que já é louvável.

Em um livro biográfico, John Lennon: The Life, publicado em 2008, Philip Norman afirmou, dentre outras polêmicas, que o Beatle era apaixonado por Paul McCartney. Não falou nada sobre um sentimento recíproco. Na época, em resposta, Paul falou ao The Sun (“tinha que ser o Chaves”) que não acreditava que a história fosse real.  

“Eu não acho que isso seja verdadeiro. John nunca tentou nada comigo, e dormimos muitas vezes na mesma cama. Eu vivi muitas situações com ele, em que John estava muito bêbado, fora de si, e qualquer tendência gay eu teria descoberto, pelo menos uma vez”.

O filme Two of Us, que fala sobre o encontro de Lennon/McCartney em 1976, é mais um combustível para os defensores da causa. O filme é uma fantasia, baseado em alguns fatos reais de fato. Mas entre suas maiores viagens está a cena do beijo que John dá em Paul dentro de um elevador.

A cena acontece aos 4:46.

Leia uma ótima resenha sobre o filme Two of Us no site Beatles Brasil.

O Mistério de Liverpool deste post é “por que as pessoas insistem tanto em criar uma relação entre John e Paul?” Por que não é suficiente que os dois fossem irmãos de alma? Talvez seja culpa dessa louca tendência de um mundo que, de tanto querer fugir de um extremo, acaba criando outro opostamente proporcional.  

Considero a pergunta “John Lennon amava Paul McCartney?” como uma questão respondida há tempos. É claro que havia amor entre os dois. Mas um amor fraternal, divino. Muito além do amor homem/mulher, homem/homem, mulher/mulher, ou seja lá o que for, era o sentimento mais profundo de admiração e carinho que se pode ter. É bom sentir isso. Pela sua namorada(o), famílias, amigos… Afinal, All You Need is Love!

Encerro o post com uma das declarações mais lindas de amor e amizade que já se fez. A música “Here Today”, de Paul para John, que ele sempre toca em seus shows.

Alguma dúvida disso?

Gostou desse? Você vai curtir também A Beatlemania além do Firmamento e Beatles e a Numerologia.

Por João Resende

 

Anúncios

10 Respostas para “If you were here today….

  1. Acontece que as pessoas tem certo “preconceito” quando o assunto é “dois amigos que se amam”. Digamos, se fossem duas mulheres para as pessoas não passaria de simples amizade, afinal uma mulher pode dar selinho da outra que é só amizade não é?
    Com homens a coisa já tem outro sentido, muitos não acreditam que entre dois homens possa haver amizade, uma amizade assim, como a de Lennon e McCartney.
    Pra mim é isso, eles se amavam sim, mas como amigos, admiração um pelo outro, e tal. 😀

  2. poxa… me pegou de surpresa… eu sabia, e como não, das inúmeras histórias sobre o John Lennon ser gay – o que eu não acredito, por sinal… mas nunca tinha ouvido nada a respeito de algo entre ele e o Paul… assustador… hahaha… não por preconceito, mas pelos fatos mesmo… pra mim é claro que nenhum dos dois era gay…

  3. Ai, fala sério! Como podem as possíveis formas de encaixe entre seres humanos ainda ser assunto de interesse?! Ainda mais um assunto envolto em “mistérios”, em “serás”, em “nossa imagina”…. Enfim… No máximo, se especula quem metia no outro e tal. Sem drama hehehehe

    Fato é que os caras se amarravam um no outro e isso não é mistério nenhum. E é o que importa hehehehe

  4. Independente do que acontecia dentro do coraçãozinho enigmático do John, acho lindo o amor que existia entre ele e Paul – mesmo sendo de amizade. Se tivesse acontecido alguma coisa diferente entre eles, pra mim não mudaria nada. Talvez aumentaria ainda mais minha admiração pela dupla. ^^

  5. Hehehe, intriga da opisição (oposição no MELHOR sentido! :D)

    Bobagem! John e Paul apenas eram grandes amigos! Amizade do tipo que não se vê mais hoje em dia sem levar para o lado da maldade…

    Se bem que John, do jeito que adorava criar barracos, poderia muito bem declarar nos dias de hoje que sim, ele e o Paul namoravam! Só para zoar com a cara do mundo todo, hehehe!

    … à propósito… a Igreja está sabendo disso?

  6. Aiaiaiai como que pode?? Inveja de uma amizade tão bacana como a dos dois…

    Eu choro ouvindo/vendo Here Today, como é linda essa música!!

  7. afff… deixa eles gente para de ser tão preconceituosos…. John obviamente não era gay… o que ele tinha era uma grande adimiração por Paul… o que é estremamente normal entre amigos… ainda mais com o tamanho da amizade dos dois… acho que eesas pessoas que falam esse monte de besteiras são um bando de imbencis, pq afinal eles conheciam John para poder falar de qualquer cisa sobre ele… entaum para de ser assim… fiko tão chateada de saber que tem gente apunhalando ate gente morta pelas costas.. afff q absurdo

  8. Aqui Hoje

    E se eu disser que realmente te conhecia bem, Qual seria sua resposta,
    Se você estivesse aqui hoje?

    Ooo -oo-ooo Aqui hoje…
    Te conhecendo bem,
    Você provavelmente iria rir e dizer que nós éramos mundos a parte,
    Se você estivesse aqui hoje.

    Mas pra mim,
    Eu continuo lembrando como foi antes.
    E não estou mais segurando as lágrimas.
    Eu te amo ,

    E sobre quando nos conhecemos,
    Bem, eu acho que você diria que nós trabalhamos duro no começo.
    Não entendíamos nada,
    Mas nós sempre podíamos cantar…
    E sobre a noite em que choramos, Porque não havia razões para manter tudo aquilo…
    Nunca entendia uma palavra. Mas você estava sempre lá com um sorriso…
    E se eu disser:”Eu realmente amava você”.
    E estava feliz por você vir junto.

    Se você estivesse aqui hoje…
    Por você estar em minha canção.
    Hoje Aqui

  9. Esta musica feita por Paul prova que se amavam.
    E é lindo este amor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s