Beatles e numerologia

Um fenômeno do tamanho dos Beatles não poderia deixar de incluir histórias místicas, explicações sobrenaturais e etc… É por que mais uma seção pro blog é inagurada hoje: Mistérios de Liverpool. Sobrenatural, subliminar, esotérico…. O que há de mais inacreditável e muito cômico em torno deste fenômeno musical.  

Poderia inagurar a coluna com o velho e manjado “Paul is Dead”, mas pra variar um pouco esse assunto vai ficar mais pra frente. Hoje vamos conhecer o artigo abaixo, de Johnn Heyss, escritor e estudioso de numerologia e esoterismo. Ele tem uma coluna no UOL e, em uma de suas publicações explicou o fenômeno da Beatleamania através da numerologia.

Se eu acredito? Há, isso não é minha parte. Fica à cargo de vocês! Have fun!

Numerologia explica fenômeno da ‘Beatlemania’
Saiba por que marca THE BEATLES possui o mais lendário dos números 

Por Johann Heyss 

Para a numerologia, o nome de um grupo, banda ou empresa é como o nome de um produto, o rótulo de uma mercadoria. O produto é resultado de um trabalho executado por indivíduos; e um grupo ou banda é resultado da soma e da relação entre as personalidades que o compõem. Em termos numerológicos, o mapa do indivíduo é o ponto focal, não o nome da “coisa” ou evento. Sendo assim, a análise numerológica do nome de uma banda, empresa, etc… tem um papel mais subjetivo e de menor alcance que a análise de seus membros. Mesmo assim, é interessante observar os símbolos contidos em nomes de bandas famosas, como no caso dos Beatles, uma das bandas mais lendárias -senão a mais – de todos os tempos.

O nome real da banda é THE BEATLES. Para analisar os números, basta somar os valores numéricos diretamente, sem necessidade de separação entre vogais e consoantes. A razão disto é que, já que a soma das vogais corresponde ao Interior – que representa a personalidade íntima da pessoa – e a soma das consoantes, ao Exterior – que vem a ser a personalidade pública do indivíduo. E considerando-se que não se está analisando uma pessoa com nuances de caráter, e sim um grupo de pessoas, ou seja, uma egrégora, não haveria sentido em proceder como no mapa natal de um indivíduo.

T H E B E A T L E S
2 8 5 2 5 1 2 3 5 1 = 34 = 3 + 4 = 7

Portanto, 34 (3+4)/ 7 é o número que representa a “entidade” The Beatles. Notem que originalmente eles se chamavam “The Beetles”, que seria “Os Besouros”, mas mudaram para The Beatles para fazer um trocadilho entre o inseto e o termo “beat”, que tinha a ver com a moda da época e quer dizer algo como “batida”, “ritmo”. O nome original traria 38 (3+8)/ 11 como número-arquétipo.

O número 7 é revestido de mistério, distanciamento, longevidade, sabedoria, superação, mentalização, misticismo e inteligência, o que remete à aura mítica que a banda sempre teve. Independente do gosto musical de cada um, é inegável que os Beatles tomaram a posição de verdadeiros mitos modernos, não só pela paixão quase unânime que despertaram e despertam ainda, mas também pela “química” da composição da banda. Eram quatro sujeitos que, como os quatro elementos, cumpriam papéis distintos, mas complementares na banda, preenchendo todos os requisitos. Veja a analogia entre eles e os quatro elementos:

Os Beatles e os quatro elementos

Fogo – John Lennon trazia o componente intelectual/criativo, rebelde, sexual, político e mordaz, como se fosse o elemento fogo.

Água – Paul McCartney trazia o elemento água, ou seja, a doçura, o romantismo, a nostalgia, a fluidez, o colo e a ingenuidade.

Ar – George Harrison contribuía com o elemento espiritual, mental, arejando a relação entre os dois vocalistas e compositores principais, papel do elemento ar.

Terra – Ringo Starr, por sua vez, era a base de sustentação da banda com seu bom humor e jeito conciliador, além de tocar a bateria, que vem a ser literalmente o chão de uma banda -ou seja, Ringo era o elemento terra.

Esta qualidade de preenchimento total da banda facilita a manifestação de esferas superiores da mente e da inspiração, já que todas as estruturas estão encaixadas. Estas esferas superiores são exatamente o que representa o número 7, em toda a sua abstração e distanciamento abrangente. Ademais, a origem 34 evidencia através de 3 a natureza artística e comunicativa deste número 7 final; enquanto 4 indica a qualidade estável e materialmente viável da inspiração de 7. O número 7 é aquele que já resolveu questões essenciais, que preencheu suas lacunas a ponto de poder passar para um patamar além daquele considerado médio, ou seja, é o princípio da superação.

Se a banda não tivesse trocado uma letra “e” do nome original pelo “a” no nome com o qual conquistou o sucesso, o resultado 38/11 representaria uma qualidade muito mais “outsider“, mais alternativa e, portanto, relacionada a um outro tipo de fama, mais controversa e menos unânime que o tipo de celebridade que se encaixa nos padrões do que o número 7 simboliza.

Um dos aspecto negativos de 7 seria um certo fanatismo, o apego exagerado às próprias descobertas ou assunções, o que talvez possa explicar o absolutismo de muitos fãs, que faziam de tudo pelos Beatles como se fossem verdadeiros deuses manifestos – para alguns de fato eram. Inclusive para os extremistas religiosos, que os relacionaram aos “quatro cavaleiros do apocalipse”.

Como um todo, a griffe The Beatles vendeu e vende a idéia de uma musicalidade quase religiosa em sua capacidade de enlevar os mais variados públicos de todas as épocas, uma musicalidade mais de mitos do que de “meros” músicos.

FONTE

Acredite se quiser… 

 

Consegui o artigo via Comunidade Beatles Brasil Forever no orkut.

Anúncios

2 Respostas para “Beatles e numerologia

  1. Os elementos se emcaixaram tão direitinho…Bizarro o.o

  2. Nossa… Bizarro mesmo. Principalmente essa coisa dos elementos… Todo mundo diz (e eu acredito plenamente) que o John precisava do Paul, assim como Paul precisava do John. E que eles eram opostos – como água e fogo. Realmente. Bizarro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s