Saiba mais sobre o projeto Beatles 69, breve nas lojas

Segue a boa matéria do YAHOO:

No ano passado, o selo Discobertas, do produtor e pesquisador Marcelo Fróes, lançou uma ousada compilação de discos com releituras de faixas do White Album, o famoso Álbum Branco, dos Beatles, exclusivamente com músicos brasileiros. O projeto foi dividido em três volumes, trazendo grandes nomes da música nacional e uma série de bandas independentes e projetos musicais formados especialmente para o disco.

Com a boa repercussão do projeto, o produtor resolveu lançar mais uma trilogia inspirada no álbum do quarteto de Liverpool. Com lançamento previsto nas lojas para este mês, o selo apresenta três volumes que homenageiam o belo Abbey Road, que completa 40 anos de existência. Apesar de seus altos e baixos, na seleção irregular de artistas convidados, este é um projeto que merece ser ouvido com atenção.

Conteúdo

A trilogia nacional do Abbey Road se inicia com Beatles´69 – Vol. 1 – Get Back, que traz músicas gravadas pelos Beatles em 1969, mas que foram lançadas só posteriormente ou em singles naquele ano. Neste volume, participam artistas tão diferentes entre si como as nuances melódicas do quarteto inglês. É possível tanto ouvir Dig It com Astronauta Pinguim, ou Let It Be, na voz de Ivan Lins, ou ainda Paul´s Piano Intro, na interpretação de Vitor Araújo.

Beatles´69 – Vol. 2 – O Outro Lado da Abbey Road, assim como o segundo disco da trilogia do ano passado, traz um grande elenco de artistas da cena independente atual. As interpretações vão para músicas que fazem parte do repertório da banda nesta época e outras que nunca foram gravadas oficialmente, incluindo também versões para canções de John Lennon e Paul McCartney.

Neste volume estão presentes artistas conehcidos como Mallu Magalhães, Zé Ramalho, Kleiton & Kledir e bandas independentes como Surfadelica, Säomer Zwadomit e Fuzzcas.

O terceiro volume da série traz uma reconstituição do clássico álbum faixa a faixa. Em Beatles´69 – Vol. 3 – Abbey Road Revisited, outros artistas nacionais se encarregam de dar nova roupagem a imortais canções como Here Comes the Sun, aqui na voz de Joyce ou “Maxwell´s Silver Hammer, que ficou sob a responsabilidade da Profiterolis.

Elis e Milton

Mas o grande destaque do disco fica por conta do dueto virtual inédito entre Elis Regina e Milton Nascimento. Utilizando uma antiga gravação feita pela cantora nos anos 70, para Golden Slumbers/Carry That Weight/The End”, Milton empresta sua voz para concretizar um sonho de muitos fãs ao ver sua voz ao lado da de Elis, no medley que encerra o disco original de 1969.

Comentário do João: Parabéns ao belo projeto! Comprarei sem dúvidas, assim como comprei o álbum branco. Mas, já que é uma trilogia, até que encaixa bem né?

Untitled1

Untitled2

Untitled3

Não necessariamente nessa mesma ordem…

FONTE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s