Brian Epstein vai ganhar filme sobre sua vida

O roteirista Tony Gittelson já está escrevendo o projeto de “A Life in the Day”, sobre a vida de Brian Epstein, empresário dos Beatles entre 1961 e 1967.

Os direitos de filmagem foram comprados pelo produtor David Permut (A Outra Face), mas ainda não há datas para começarem tanto a produção quanto as filmagens.

Nesta quinta, dia 27, acontece o 42º aniversário da morte de Epstein. O empresário tinha 32 anos e morreu por overdose. Apesar dos relatórios médicos oficiais reportarem sua morte como acidental, suspeita-se que possa ter cometido suicídio.

Epstein pode ser considerado como um dos marcos principais na carreira do grupo. Foi por empenho dele que os Beatles conseguiram fechar os primeiros contratos profissionais e, então, a carreira de sucesso. “Todo mundo rejeitava a banda, ainda que Brian prometesse que eles seriam maiores que Elvis. Até que ele finalmente conseguiu fazer George Martin, da EMI, mudar de ideia e dar uma chance a eles”, disse Permut.

FONTE: http://www.band.com.br/entretenimento/cinema/conteudo.asp?ID=171133

Comentário do João: Será que vai mostrar a paixão dele por John?

Anúncios

Uma resposta para “Brian Epstein vai ganhar filme sobre sua vida

  1. Brian Epstein em seu momento foi mais do que um representante legal para os beatles um guia que aconselhava não só o que eles deveriam fazer em termos de música mas também com o dinheiro que eles ganhavam como grupo.
    Era muito fácil que garotos como eles que recém começavam a ganhar dinheiro ficassem deslumbrados com todo aquilo que eles podiam comprar e especialmente rodeados de meninas seguindo-os onde eles iam.
    Embora ele se sentisse muito feliz entre os meninos de Liverpool, em sua vida pessoal ele era muito infeliz. Ele era homossexual e sua familia (uma tradicional familia judia) não aceitava este fato. Quase viveu condenado a levar uma vida dupla.
    Uma vez pagou os favores de uma pessoa com um relógio caríssimo que ele usava. John Lenon percebeu isto e foi um secredo muito bem guardado por ambos durante anos.
    A sua infelicidade o fez cair em depressão varias vezes. Experimentou com drogas; algumas delas leves e outras fortes. Também, tentar suicídio.
    Finalmente um dia “logrou” seu objetivo: foi achado morto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s