Hamburgo usa os Beatles para afastar Prostitutas

Germany Beatles SquareUma exposição permanente sobre a “Beatlemania” acaba de ser inaugurada em Reeperbahn, uma rua no distrito de St. Pauli, em Hamburgo. Trata-se de um dos dois centros da vida noturna na cidade e também conhecida como a red-light district (zona de prostituição).

No começo dos anos 60, os Beatles ainda antes da fama internacional, tocaram em diversos clubes na região, incluindo o Star-Club, Kaiserkeller, Top Ten e Indra.

Mas a área até hoje não era explorada por sua relação com o grupo. A inauguração de “Beatlemania” pretende atrair ao menos 250,000 visitantes ao ano e segue a construção de uma “Praça dos Beatles” em Reeperbahn.

O projeto é privado, financiado pela Indústria Musical da Alemanha, mas tem apoio da prefeitura, para tentar afastar a indústria do sexo da área.

“Reeperbahn vai mudar a ênfase do que oferece aos seus turistas” diz Guido Neumann, do Marketing de Hamburgo.

A exposição reconta os tempos dos Beatles por ali, antes de se tornarem superstars globais. “Eu nasci em Liverpool mas cresci em Hamburgo”, era como Lennon costumava dizer.

Enquanto estava na cidade, o grupo trabalhava até 48 horas seguidas, bebendo, tomando anfetaminas e fazendo sexo com as garotas que, como disse Paul McCartney, “nem todas usavam cinta”, como as de sua terra natal, na Inglaterra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s